Blogar anonimamente? Ainda não precisamos disso.

O Global Voices acaba de publicar um “manual” acerca de como blogar anonimamente utilizando-se o WordPress.

Já mais de uma vez eu teci rasgados eleogios ao Global Voice, tanto que a partir da publicação deste novo tema estou ostentando o seu selo na barra lateral do blog.

Entretanto para nós brasileiros ainda não me parece o caso de necessitarmos usar este artifício. Temos uma Constituição democrática que nos assegura direitos e liberdades fundamentais, dentre os quais a liberdade de expressão.

Todavia a própria Constituição condiciona o exercício desta liberdade à assinatura das opiniões. Ou seja não se assegura uma liberdade a quem não assume suas opiniões. Até porque o exercício desta liberdade implica determinados ônus como, por exemplo, responder por eventuais injúrias ou difamações, que não seriam assegurados por esta liberdade.

Observe-se que isso é diferente do uso de um pseudônimo. Autores como Nospheratt, Gravatai Merengue ou Arthurius Maximus, embora se utilizem de um nome de fanstasia para blogar têm, todos, possibilidades de serem identificados de maneira mais ou menos simples, o que não se pode é ocultar sob um manancial de filtros, bloqueios de IPs, etc., o que, em um regime democrático, fica mais próximo de uma atividade ilícita do que de um ativismo verdadeiro.