home Direito Revista FEED-SE democracia

Revista FEED-SE democracia

Revista FEED-SE Democracia
Revista FEED-SE Democracia

A semana que se passou foi extraordinariamente ocupada para mim. Além das tarefas rotineiras como dar aulas na universidade, audiências na Vara e assistir às aulas do mestrado, ainda tive que elaborar e corrigir as provas, publicar uma série de sentenças (sempre é bom fazê-lo dentro do mês) e re-corrigir um paper que já havia entregue. Isso sem falar no prazo exíguo para terminar de reler e complementar o capítulo para o livro sobre o Processo Eletrônico, coordenado pelo meu amigo Pepe Chaves.

Tudo mais ou menos esquematizado na cabeça… achava que sim, daria para cumprir tudo e permanecer mais ou menos vivo. Até que a seguinte mensagem chegou, assinada pela Lu Monte:

Jorge, sério, pelamordedeus, faz o artigo sobre a Nova Corja e o imbróglio todo pra Feed-se? Diz que sim, siiiiiim? Plis, plis, plis?

Ela já havia me referido à nova edição da revista e, claro, que eu gostaria muito de escrever nela. No entanto o monte de compromissos havia-me feito calar no lugar de me oferecer. Agora, no entanto, eu era formalmente convocado e não é fino rejeitar a um convite de uma dama.

Aceitei, mas sob a condição de que ela me daria as diretrizes. Ela topou e me enviou uma série de sugestões. Aliás a sua esquematização foi tão boa que me restou pouca coisa para deliberar. A idéia era tratar do assunto do A Nova Corja que inclusive eu já havia abordado aqui. Por isso mesmo se exigia uma abordagem diferente. Assim, até para ter uma visão mais panorâmica do tema achei interessante, trocar idéias com as pessoas envolvidas, ou seja os autores do A Nova Corja, além do Gravatai Merengue, que divulgou a sua situação, e o Arthurius Maximus, que tem um blog com um conteúdo bastante semelhante aos demais.

O resultado foi publicado ontem e a revista pode ser baixada por aqui, ou através de seu próprio site.

Aproveitem enquanto eu ainda não fui “cassado” pelo sindicato.

URL curta para esse artigo: http://direi.to/HbcOe
TAGS:

Jorge Alberto Araujo

Jorge Alberto Araujo nasceu em 1970, aprendeu a usar computador, internet e celular, mais ou menos quando estes foram inventados. É Juiz do Trabalho e trabalha em Porto Alegre/RS. Eterno curioso acerca de tudo está elaborando a sua dissertação de mestrado em Direito e Processo do Trabalho. É master pela Universidade de Alicante em Teoria da Argumentação Jurídica, gosta de Filosofia e atualmente estuda Lógica. No tempo livre entre uma audiência e uma sentença está começando a se interessar por Neurociência, tanto do comportamento (leitura corporal e detecção da mentira) quanto da memória. Em relação ao primeiro ponto defende um estudo mais acurado da Zoologia Humana, ou seja o estudo do comportamento do ser humano em comparação com o de outros animais. Faz ainda a aplicação das teorias da Escola de Harvard sobre Negociação, nas suas audiências, tendo um dos melhores números de conciliação dentre os juízes do trabalho do Rio Grande do Sul. Procura ensinar tudo o que sabe em um curso sobre Audiência que periodicamente edita junto à Faculdade IDC e em cursos de pós-graduação e preparatórios. É casado com a Ingrid, tem três gatos, um cão e seis cavalos, sendo quatro de polo, que tenta praticar aos finais de semana. Escreve, ainda, no blog Direito e Trabalho.com e ocasionalmente publica artigos em revistas e jornais.

4 comentários em “Revista FEED-SE democracia

  1. O artigoficou ótimo realmente. Inclusive passarei a acompanhar o blog do juiz (já estive por lá ainda agora). Caí logo num artigo sobre as decisões tomadas em julgamentos colegiados e a “Teoria da Katchanga”.

    Simplesmente brilhante. Morri de inveja. (rs) Eu queria ter escrito aquilo. Virei fã.

    Essa é a aquela “nova mentalidade” de que tanto falo.

    Um abraço.

  2. Hahahahaha! Bem, posso dizer que minha súplica valeu a pena. Você era a pessoa certa para a missão, ninguém teria feito um artigo tão rico sobre o tema quanto o seu. 🙂

    (Nem me lembra de fim de mês, amanhã tenho de cumprir algumas rotinas que deixei de lado por conta da Feed-se…)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *