home Direito Trabalho Escravo em Cacequi

Trabalho Escravo em Cacequi

Acerca da identificação de um foco de trabalho escravo no interior da cidade de Cacequi, que fica na jurisdição de Rosário do Sul, entrei em contato com o procurador do Trabalho Dr. Evandro Paulo Brizzi, que atua na região.

Consoante o Dr. Brizzi, os trabalhadores gaúchos, matogrossenses e paraguaios já estão em um hotel em Cacequi e a empresa se comprometeu a alcançar-lhes as parcelas rescisórias, ademais de uma indenização por danos morais equivalente a 100% dos valores devidos pela rescisão.

Os trabalhadores nacionais terão direito, ainda, ao seguro-desemprego por três meses, enquanto os estrangeiros receberão a indenização correspondente, também alcançada pela empresa, e serão repatriados pela Polícia Federal.

Os trabalhadores foram encontrados em condições efetivamente sub-humanas, sujeitando-se a beber água de poças, dentre outras situações degradantes. No entanto através da ação do Ministério Público do Trabalho, Polícia Federal e Brigada Militar tudo está sob controle.

Não há dúvidas de que haverá, ainda, a investigação na esfera criminal e os valores acordados a serem alcançados aos trabalhadores a título de rescisórias e indenização por dano moral não implicam na impossibilidade de tais trabalhadores virem a demandar, através de ação própria, na Justiça do Trabalho, outros direitos que se julguem credores, foi o que assegurou o Dr. Brizzi, que se mantém em contato com os trabalhadores e suas famílias.

Veja livros jurídicos sobre Trabalho em condições análogas às de escravo no Submarino.com.

URL curta para esse artigo: https://wp.me/pVtgW-8y

3 comentários em “Trabalho Escravo em Cacequi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: