Início Direito Quer ficar desempregado? Faça Direito!

Quer ficar desempregado? Faça Direito!

147
1

Calma! Não sou eu quem está dizendo isso. Tampouco isso tem a ver com o Brasil, embora como não tenhamos estatísticas próprias talvez devamos prestar atenção neste dado.

Segundo as informações obtidas na rede (as ligações – links – estão ao final do texto) os cursos de Ciências Jurídicas e Sociais são os que oferecem menor percentual de empregabilidade aos seus bacharéis em Portugal, cerca de 15,2% contra 100% de cursos da área de tecnologia como Informática e Engenharias Civil ou Mecânica.

Claro que não está incluído na pesquisa quais são as chances de se obter os melhores empregos, sendo certo que quem pretende, por exemplo, uma carreira pública, seja de carreira específica (Juiz, Promotor, Advogado Público, Diplomata) ou como servidor em nível superior, com certeza terá suas chances aumentadas se cursar Direito.

Boa notícia também para quem quer seguir as carreiras policiais ou militares, que garantem em Portugal, e eu creio que também no Brasil, o emprego de todos os estudantes de seus cursos preparatórios oficiais.

Fontes: Blog da Informação que, por sua vez, a obteve do sítio português Destak.

Sugestão de leitura: Melhor de Max Gehringer na CBN.

1 COMENTÁRIO

  1. Eu arriscaria dizer que no Brasil a coisa não está muito diferente não:
    1- Passar em algum grande concurso – mp e magistratura – é praticamente impossível… pelo menos é o que os professores dizem, é preciso saber tudo e mais um pouco;
    2- Abrir um escritório de advocacia no Brasil, assim que sair da faculdade, é coisa de doido.
    3- Conseguir estágio esta cada vez mais difícil. E cada vez aprende-se menos neles. Estagiário de Direito, hoje em dia, é aquele que vai no fórum ver andamento de processo, leva broncas sem merecer, e, se não tiver sorte, precisa fazer carga de um processo de 8 volumes e voltar de ônibus lotado pra casa (com o processo, claro).
    Às vezes dá medo, mas é tudo questão de ponto de vista 🙂

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.