Início Direito Páginas legais

Páginas legais

436
11

Estou há tempos para postar a lista dos blogs jurídicos que acompanho. Até como resposta ao Danyllo, que fez isso no seu Argumentandum.

Vou, portanto, relacionar os blogs relacionados ao Direito que tenho cadastrados em meu Google Reader e que, portanto, acompanho através dos FEEDs. Por razões óbvias não incluirei aqueles que não fornecem as FEEDs completas.

A ordem da apresentação é aleatória (como aparecem em meu agregador), sem que eu me furte de destacar, de alguma forma, aqueles que, por algum motivo eu tenha predileção.

Cabe, antes de tudo, um destaque para o grande crescimento que eu tenho verificado neste último ano – o Direito e Trabalho tem um pouco mais que isso – nos blogs voltados ao público do Direito, o que tem representado, inclusive, um aumento em anúncios na Internet de produtos relacionados a concursos na área, material de estudo e, inclusive, escritórios de advocacia, como o leitor poderá facilmente identificar ao olhar os anúncios desta página.

Antes do rol propriamente dito gostaria de fazer uma especial referência ao meu amigo Igor, que mantém um dos mais antigos e regulares blogs jurídicos e que, como eu, se relaciona e/ou procura se relacionar com outros blogueiros, de outras áreas, fazendo a integração que é tão cara a este tipo de mídia.

Igor publica o Pensando Direito

Blog do Igor – Ele começou como uma mera cópia do Informativo do STF – que ainda está no seu nome. Todavia com o passar do tempo, e dependendo da maior ou menor disponibilidade de seu autor, que também é “concurseiro” – agora Procurador Federal -, se tornou uma importante fonte de notícias e informações, em especial sobre a Suprema Corte do Brasil. Atualmente o Igor conta com o auxílio de duas colegas, que não deixam a peteca cair.

Argumentandum, do Danyllo – O Danyllo, que não atualizou o seu about, é, como pudemos constatar, estudante do último ano de Direito, mas não está muito para advogar, como ele confessa em seu último artigo. O Argumentandum é bastante parecido com o Direito e Trabalho, sendo composto por opiniões pessoais do autor acerca de fatos jurídicos ou não, dando destaque a obras jurídicas de interesse.

Página Legal, de Paulo Gustavo Sampaio Andrade – É um blog relativamente novo, mas cheio de conteúdo. É a parte divertida do Direito. O advogado Paulo Gustavo conta, de uma forma leve, situações ocorridas em processos, algumas já integrantes do folclore forense. A página legal está hospedada no já consagrado sítio ligado ao conhecimento jurídico, o Jus Navigandi.

Según Antonio Baylos – O blog não é atualizado pelo professor espanhol, mas – acredito – por um auxiliar seu. Traz as reflexões e artigos do professor catedrático da Universidad Castilla La Mancha da disciplina de Direito do Trabalho.

Get Up, Stand Up, Stand Up For Your Rights! – Este é um blog de conteúdo é extremamente denso, escrito pelo Juiz Federal George Marmelstein. Trata de diversos assuntos, mas principalmente de Direitos Fundamentais, que são a especialidade do autor.

Diário de Um Juiz – Embora não seja escrito na forma de um diário, do tipo: “Querido diário, hoje foi um dia lindo…” este blog também não é a respeito do cotidiano de um juiz. É um blog com de variedades no qual o seu autor, o Juiz de Direito Carlos Zamith de Oliveira Júnior, apresenta não apenas a sua opinião sobre fatos, sob a ótica do Direito, mas também situações divertidas que passam ao largo da atividade jurisdicional.

Sine die – Tenho que confessar que ainda não consegui classificar este blog português que, na minha opinição está entre o político e o jurídico. É um blog coletivo, que acompanho mais para estar ligado no que acontece em Portugal – tendo em vista que há um certo conteúdo “laboralista”.

Cum grano salis – É outro blog jurídico português. Destaque para o extenso rol de blogs jurídicos que ele traz na sua barra lateral (não o Direito e Trabalho não está ali).

MarketingLegal – Este eu conheci há pouco tempo. O autor não é advogado, é administrador, mas nem por isso ele desafina no conteúdo. A proposta não é discutir o Direito, mas mais precisamente, como diz o nome, o marketing que deve envolver a atividade do profissional da advocacia. Não tinha até então sequer ouvido falar sobre isso, embora, no mercado atual, creia que seja de suma importância que os advogados e as sociedades de advocacia atentem cada vez mais para detalhes que antes passavam despercebidos. O advogado deve se colocar no mercado, vender o seu produto, que é a prestação de serviços ao seu cliente. Há uma série de restrições a isso no Estatuto da Advocacia e, neste contexto, é que se propõe o Marco Gonçalves a trabalhar.

Pepe Chaves

– Quem conhece como eu o Juiz do Trabalho Pepe Chaves certamente estará disposto a lhe dar um desconto por não atualizar com tanta freqüência o seu blog. O Pepe é inquieto e capaz de fazer e coordenar dezenas de coisas ao mesmo tempo. O blog é apenas uma delas. Embora a atualização seja eventual merece destaque a série de posts sobre o “brega jurídico”, que também é destacado no menu lateral, onde se pode encontrar um pequeno “dicionário” de expressões do gênero.

11 COMENTÁRIOS

  1. Tenho uma dica: disponibilize seu feed como se fosse um blog a parte.

    É que a maioria das pessoas não está familiarizada com o conceito RSS e FEED e fica muito mais fácil acompanhar tudo em um site só. Veja o que fiz com os blogs policiais e você vai entender: http://www.blogosferapolicial.vai.la

    Entendeu? Transforme a categoria “blogs juridicos” do seu Google Reader num site à parte (recurso do própro Google Reader) e coloque um serviço de redirecionamento, como o vai.la (porque o endereço original é gigante e não lógico).

    Grande abraço!

  2. nada de abandonar não… rsrsr só o trabalho q apertou…aff
    Sempre fã do Direito e Trabalho! (e viva os feeds!)
    Ei, parece que a Febre da vez é a dengue, hein?
    bj e Feliz Páscoa!
    (próximo dos Mil comentários! Parabéns antecipados!)

  3. Olá, Jorge, muito obrigado pela menção da Página Legal.
    Embora eu tenha já pesquisado muitos blogs jurídicos, não conhecia muitos dos que você mencionou. É sinal de que a blogosfera jurídica está se ampliando. Assinei a maioria dos feeds e vou acompanhá-los mais de perto.
    Sua iniciativa é excelente para aumentar os relacionamentos entre os blogueiros e identificar pontos de contato entre os interesses.
    Vou procurar, na medida do possível, também citar os blogs amigos no contexto do meu blog.
    Abraços e boa Páscoa.

  4. Parecem ótimos, mas blogs com o endereço blogspot, p.e., impede meu acesso a eles…. que peninha….
    Ainda bem que o seu já tem o endereço “direito e trabalho”. 😉

    • Lorena querida,

      Pensei que tinhas me abandonado, depois daquela história toda da Febre Amarela.
      Afinal parece que tinhas razão, e eu não… mas ainda não dei o braço a torcer.

  5. Querido Jorge: Muchas gracias por introducirme en el listado de los blogeros jurídicos. Te diré no obstante que en el mío hay siempre un juego entre el Tito Ferino – personaje mítico en la mítica ciudad de Parapanda – y yo mismo, junto con el blog de Lopez Bulla, un querido amigo sindicalista. Asi que no te tomes demasiado en serio que yo no me ocupo de actualizar el blog ni que lo hace un “asistente” mío; son pequeñas bromas en la blogosfera. Espero sin embargo que lo frecuentes – como ya hago yo con el tuyo – y que comentemos nuestras reflexiones y propuestas.
    Saludos transcontinentales
    Antonio Baylos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.