Início Direito Meu Gabinete Virtual Grátis

Meu Gabinete Virtual Grátis

227
25

Com o advento da Lei 11.419/2006, que regulamenta de forma positiva o processo virtual no Brasil, juízes, advogados e demais operadores do Direito são compelidos a aprender a, efetivamente, fazer uso das ferramentas eletrônicas que se encontram à sua disposição.

Até então na sua gigantesca maioria, os computadores e notebooks em sua posse se destinavam tão-somente à edição de textos, como uma máquina de escrever de luxo, sendo que os maiores avanços notados eram o auto-texto e a auto-correção, ainda assim utilizados por muito poucos.

Agora, no entanto, com a iminente virtualização de todo o processo, com a extinção quase que completa do meio papel, prometida pelo Conselho Nacional de Justiça para daqui a cinco anos, aprender a utilizar o computador e os meios que ele dispõe é uma questão de sobrevivência profissional.

Contratar uma grande empresa de consultoria e encomendar equipamentos e softwares personalizados para edição de textos, armazenamento de arquivos, comunicação e organização é uma solução. Utilizar-se, porém, de ferramentas perfeitamente funcionais e gratuitas, baseadas na web, e portanto acessíveis de qualquer computador a qualquer tempo, parece muito mais racional.

Nas próximas postagens tentarei demonstrar as ferramentas que utilizo para ter sempre à mão, independentemente de portar computador:

  • minha agenda pessoal
  • gerenciamento de todos os meus e-mails
  • modelos de decisões
  • textos importantes em que estou trabalhando
  • planilhas
  • links
  • uma lista das leis que mais utilizo, sempre atualizada
  • bate-papos rápidos
  • serviço de telefonia internacional

Todos estes serviços podem ser realizados em qualquer computador público, com nenhuma ou muito pouca adaptação e, o mais importante, independentemente do sistema operacional. Ou seja em breve poderemos, inclusive, deixar de pagar os preços absurdos dos softwares da MicroSoft, migrando tudo para uma plataforma opensource.

Para começar é muito importante que se tenha uma conta no Google. Quem já possui Gmail, Orkut, etc., já tem. Senão basta acessar a página principal do Gmail e cadastrar-se.

25 COMENTÁRIOS

  1. Bom eu trabalhei em uma loja 2 anos e 2 meses,agora que recebi meus direitos não estou conseguindo arrumar emprego porque minha ex gerente fala mau de mim ,para as pessoas que ligam para saber como sou eu no trabalho.
    O que eu faço para ela para com issu.
    tem como jogar ela na justiça

  2. bom dia!! Vossa Excelência!!!gostaria de tirar uma duvida!!! mais acho que não bem sua area !!! moro uma pessoa que está se divorciando!! ela tem dois filhos!! em um compartimento da casa fiz um escritório!!! caso teria direito na casa!!!! obrigado desde de já!!!

  3. Olá Doutor,

    Meu pai que é viúvo com 80 anos frequenta muitos encontros de pessoas idosas e uma amiga dele que irá trabalhar próximo de onde ele reside, quer ir durmir na casa dele ou passar 4 dias da semana pois ela mora longe do tal emprego. Como minha irmã perdeu uma questão de pensão para uma senhora que durmia na residência dele, dizia meu cunhado “ela é minha enfermeira” nos 3 ultimos anos de vida dele, suposta enfermeira acabou ganhando ação de união estável. Para nós ela era enfermeira e ela assim se dizia, após a morte do meu cunhado requereu direitos como esposa.
    Para que eu não passe pelo mesmo problema novamente pois sou curador de minha irmã, gostaria de saber se tem como fazer um contrato ou declaração para esta senhora que irá morar alguns dias ou meses com meu pai, para amanhã ela não requerer união estável e outras coisas mais.
    Obrigado

  4. FIZ O CONCURSO DO IBGE 2009/2010, ALCANCEI A 3ª COLOCAÇÃO , O 1° COLOCADO É FUNCIONÁRIO DA PREFEITURA.
    O EDITAL IMPEDE A CONTRATAÇÃO DE FUNCIONÁRIOS DA UNIÃO, DOS ESTADOS , DO DISTRITO FEDERAL E DOS MUNICIPIOS E ELE MESMO ASSIM TOMOU POSSE , PROCURO UM ADVOGADO OU A PROMOTORIA PÚPILCA?

  5. Desde de que minha nora casou com meu filho e veio morar na parte de cima da minha casa que deixei de trabalhar pra cuidar da minha neta, porqe os dois trabalhavam e ñ tinham com quem deixar a criança,e a mae não abriu mão do trabalho pra cuidar dela,então tive que fazer isso por minha neta,eu trabalhava em uma empresa de metalurgica a mais de cinco anos,agora estou a um ano sem trabalhar, e agora a minha nora se separou do meu filho,e foi pra casa da mae dela,com a criança,tirou ela da minha casa,e ñ quis nem saber se a criança ia sentir a minha falta,e eu dela,simplesmente arrancou a criança da gente e levou embora, isso sem motivo algum,então eu quero saber se eu tenho algum direito de levar ela,ou até msm o meu filho na justiça, pra que eles me pague pelo tempo que fiquei sem trabalhar, pra cuidar da filha deles,porqe eles nem sequer se preocuparam com o tempo que me dediquei a criança,e arrancou ela de mim,já que eu como avó ñ posso,requerer a guarda da criança,eu quero pelo menos que eles me paguem, pelo emprego que eu abri mão, pra cuidar da criança..mesmo que isso me doa..
    sem mais obg!

  6. Trabalho 10 hs diarias como recepicionista em um motel e recebia horas extras com 100 % de acrescimo e este mes chegou o pgto com apenas 50 % , o encarregado alegou que houve um corte por força de uma lei, gostaria de saber se isto e mesmo verdadeiro, se for possivel me responder , desde ja agradeço.

  7. Sou militar, e me acidentei durante um Treinamento Físico Militar (TFM)em meados de 1995, por diagnóstico posterior, foi constatado que rompi meu ligamento cruzado anterior, não consegui operar por motivos de força maior, mas fiz um tratamento que nunca mais esse joelho me deu problema. Em 2000, 2001, contrai uma doença na coluna, que me acarretou uma cirurgia em abril de 2004, durante esse processo de tratamento da coluna, tive uma enorme carga de esforço no joelho esquerdo(aquele mesmo do início do relato), e com aumento das dores no joelhoe, fui tirar uma ressonância magnética, que acusou além de outras anomalias, uma gonartrose desde de 2006, me encontro de licença em casa, agora espero julgamento de uma Junta Superior, para avaliar meu caso, como devo proceder no que diz respeito a férias não gozadas, remuneração das férias que há três anos não recebo, minha carreira, se reformado o que tenho direito, já que alegam que a gonartrose não é causada pelo serviço militar, mesmo eu ter sido de diversas equipes de futebol, sou metalúrgico, fui Fiel de Avarias em um navio da Marinha, o que me acarretava subir e descer diversas escadas todos os dias e por muitas vezes, como devo proceder?

    • @Ricardo,

      Você sendo militar deve ter alguma associação a que ligado, como um clube. Normalmente estas entidades devem ter advogados que lhe dêem orientações. Exponha-lhe o seu problema. Certamente ele terá uma solução, que poderá ou não ter que passar pelo Judiciário.

  8. Meu irmão foi nomeado, através de decreto, à Secretário de Educação, num município do interior bahiano e gostaria de saber se ele tem direito ou não a receber 13° salário. Muito Obrigado

  9. fizemos a separação consensual em maio 2009 para conseguir a do divorcio tenho espera 1 ano, mas nos altos do processo feito pela minha ex conta que já não tinha-mos r. sexuais e não dividia-mos o mesmo leito ela deu entrada no doc este com data de janeiro altera alguma coisa posso solicitar o divorcio antes de maio…..fico grato por responder-me……

  10. Bom dia meu nome é Andreza, a cerca de 1 ano e meio vendi alguns produtos para um cidadão, que os pagaria num prazo de 8 meses, assinando então 8 promissórias. Até o memento ele só me pagou uma parcela e o prazo acordado foi totalmente extrapolado. Em agosto de 09, fez um dépósito de apenas R$100,00, valor muito inferior as promissórias. Gostaria de saber como devo proceder e se as promissórias possuem prazo de validade perante a justiça

    • @Andreza,

      Você terá que procurar um advogado. As notas promissórias têm um prazo de vigência, mas após a sua expiração há modos de executar uma dívida que elas representam: a ação monitória.
      Entre em contato com um bom advogado, de sua confiança, que ele melhor lhe orientará.

  11. Olá meu nome é Helena, gostaria de sua orientação, pois algum tempo um adolecente de 15 anos me procurou, perguntando se poderia me ajudar na minha lanchonete que tenho enfrete a minha residência. Ele chega às 18:00 e sai às 11:00, hoje ele me ameaça a colocarme na justiça por ser de menor, seus paois mora na mesma rua, e sabe que ele estava me ajudando.
    Grata pele sua atenção.

  12. Olá!
    Meu nome é Evelise
    Estou com depressão e sindrome do panico, e preciso de sua ajuda ou orientação
    Trabalava em um call center, e tive que pedir as contas pois nao consigo nem falar ao telefone na minha própria casa.
    Estive afastada pelo INSS desde Setembro, mais o convenio da empresa não cobre mais o meu tratamento e o INSS me liberou para voltar ao trabalho meus tendo em mãos Laudo medico descrevendo meu estado e os medicamento que ainda estõu tomando que são controlados.
    Pedi ajuda na empresa, mais me disseram qua não podiam fazer nada…
    Então pedi que me mandassem embora para que eu pudesse receber os meus direitos assim tentar continuar meu tratamento e eles disseram que não pois não tinham vera para isso. Ai me disseram que ou eu voltasse a trabalhar ou pedisse as contas.
    Mais neste mesmo dia, quando entrei no meu locarl de trabalho todos viram que passei mal, comecei a ter uma crise, chorei muito, meu coração disparou e foi como se eu estivesse em um local onde não conhecia ninguem, fique me sentindo como um animalzinho preso em uma gaiola.
    Quero saber se eu abrir um processo contra a empresa. o que aconteceria?
    E outra coisa, no meu ultimo trabalho, pedi as contas e recebi da empresa quase que R$ 4.000,00, sendo que meu salario era por comisão, e agora o que recebe é apenas R$ 600,00.
    Isso esta certo?
    O que eu faço?
    por favor me ajude pelo meus me diga se tenho algum direito e se posso entrar com processo contra, e quais as minhas chances de ganhar?
    Atenciosamente
    Evelise

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.