Livre-se do Software Pago

    210
    2

    Não é nenhuma nova revolução contra a condoída MicroSoft ou uma apologia à pirataria. É apenas uma constatação: há uma gama enorme de softwares de excelente qualidade, compatíveis com aqueles que já estamos acostumados a utilizar para editar textos, planilhas, manipular imagens, navegar na Internet, escutar música ou assistir vídeos.

    Apenas não faz sentido termos que trocar de computador apenas para utilizar o Windows Vista, que não traz qualquer novidade. Ao contrário: trata-se de uma cópia descarada das funcionalidades do sistema operacional LINUX, que é gratuito e agora já tem uma aparência muito mais amigável, muito melhor e infinitamente mais estável (não paralisa o computador) do que as últimas versões do Windows e, melhor, roda até no nosso Pentium 1 (dizem que roda também nos 486, mas aí também já é demais para a minha mente).

    Também não é necessária uma mudança radical. Podemos ir aos poucos. O Google tem oferecido diversos programas gratuitos para o Windows, mas que tem suas versões para o LINUX, é o caso do Skype e o Firefox, respectivamente uma ferramenta de telefonia, que permite fazer e receber ligações para todo o mundo de graça ou por um preço muito baixo, e um navegador da Internet.

    Ao pé desta página (se você está lendo no site) há dois banners para softwares gratuitos, cuja utilização eu recomendo. Sugiro que se comece com o Firefox. Ele, muito antes da Micro Soft já permitia a abertura de página de web através de abas, sem a necessidade de abrir diversos Internet Explorer, uma para cada página aberta. Será através dele, mais adiante, que demonstrarei como utilizar as ferramentas do meu escritório virtual gratuito.

    [BP]Windows Vista, Linux,editor de texto, tarifas telefônicas[/BP]

    2 COMENTÁRIOS

    1. Parabéns pelo artigo! Não que todos precisam ou devam mudar, mas é a oportunidade daqueles que não têm medo de aprender um pouquinho mais e se desenvolver e se aproveitar do muito mais que os programas de código-aberto (ou softwares livres) têm a oferecer. É interessante que cheguei a publicar algo relacionado justamente à chegada do Vista e a provável opção de muitos por conhecer sistemas operacionais alternativos, entre eles, o Linux (http://rafael.bernard-araujo.com/index.php/perigo-a-vista.html).

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.