Início Geral Exceção ou evidência anedótica

Exceção ou evidência anedótica

491
0

Todo mundo já deve ter passado por uma experiência semelhante. Você fala sobre uma regra geral e aí alguém vem com a “exceção da exceção” e acredita que acabou de provar que a sua alegação é falsa.

Um exemplo bastante comum é quando alguém refere que, por exemplo, fumar faz mal à saúde e outro contesta dizendo que tem um conhecido ou parente que fumou muito, durante toda a vida, e ainda assim viveu muito além das expectativas médias. Ora todos sabemos que alguns fatores genéticos podem interferir na expectativa de vida de uma pessoa, sem que isso invalide a regra geral de que fumar faz mal a saúde.

Dia destes eu estava comentando com colegas que dificilmente alguém  hoje em dia não tem acesso a, pelo menos, um aparelho celular com acesso à internet. Aí um deles referiu que conhecia uma pessoa (idosa e semi-alfabetizada) que não tinha acesso smartphone, nem acesso à internet, e, de imediato, deu como demonstrado o erro da minha premissa.

No entanto uma pequena exceção, em um conjunto relativamente grande, não serve para contestar a regra geral. Excetuando-se na Matemática, ou outras Ciências Exatas, é muito difícil se chegar a verdades absolutas e exceções anedóticas acabam sendo simplesmente isso.

Por favor me conte um caso que você viveu relacionado a este tema.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.