Início Direito Eu já disse que gosto de meias?

Eu já disse que gosto de meias?

135
3
Meias

MeiasQuem acompanha o DeT há mais tempo já deve saber que um dos presentes que eu mais gosto de ganhar são meias.

Meias são um acessório talvez um pouco desprezado por muitos, mas é possível se sentir mais à vontade pelo simples fato de se estar vestindo um par de mais mais informal.

Além disso presentear (ou ser presenteado) com meias não envolve um aprofundamento tão grande na intimidade da pessoa como gravatas. Receber de presente meias que não são de nosso agrado não é tão desconfortável como receber gravatas esquisitas. Eu tenho um gosto muito seletivo para gravatas e dificilmente usaria uma gravata presenteada, as meias, pelo contrário, se o presenteado com elas não se satisfaz pode as guardar para usar em um outro momento, sem se preocupar, por exemplo, em a expor ou, o pior de tudo, ser perguntado pelo presenteador: E aí, já usou a minha gravata? Aposto que não gostou dela…

Bem esta introdução toda é para dizer que eu tive uma sorte imensa na brincadeira de amigo secreto que rolou entre meus amigos blogueiros. Sorte porque a Lu Monte foi sorteada com o meu nome e a minha sorte foi ganhei meias. Aliás um monte, da Lu Monte – vide da foto.

A Lu é uma menina muito bacana. É uma dos poucos blogueiros que acompanho e que não conheço pessoalmente. O Cardoso é outro, mas eu já me convenci que o Cardoso é apenas uma lenda e nem existe de verdade, assim como o Gravataí

Bom, mas voltando à Lu ela, assim como eu, tem formação jurídica, mas não fica falando sobre isso no blog, exceto quando precisa. Além disso não é raro eu encontrar o blog dela nos resultados do Google, seja quando estou querendo testar uma nova receita (sim, ela cozinha, e gosta), seja quando quero saber sobre algum filme ou livro.

Agora para comprovar que a Lu Monte é definitivamente gente boa basta dizer que ela ama gatos, tanto que escreve um blog sobre estas simpáticas criaturas e, como eu, tem dois, um branco e um amarelo.

Aliás eu tenho uma novidade: acabei de ultrapassá-la em número e variedade de gatos. Apresento o novo membro da família Araujo, James Wilson (ficou muito amigo do nosso outro gato, o Gregory House), mas ele atende melhor quando chamado de Mii. Como os demais ele foi adotado, foi encontrado pela minha mulher em uma estrada na Zona Sul, abandonado.

Ficamos com ele por alguns dias até encontrarmos um lar para ele, mas não encontramos nenhum outro melhor que o nosso próprio. Aí ele ficou…

Querida Lu, mais uma vez obrigado pelos presentes e um ano de 2011 repleto de alegrias e realizações para ti e para a família!!

3 COMENTÁRIOS

  1. De nada, caro colega e querido amigo! Felicidades pra você e pra família (humana e felina) em 2011!

    Ah, se eu fosse ter um terceiro gato (ideia que cogitei por um bom tempo, mas abandonei), seria preto (ou “azul”, aquele cinza-quase-preto). Teríamos uma trinca idêntica. 🙂

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.