Início Direito Despedida por algoritmo. Pró ou contra?

Despedida por algoritmo. Pró ou contra?

161
0

Fiz uma enquete rápida no Twitter sobre uma notícia de uma empresa que teria despedido 150 empregados em apenas alguns segundos usando um algorítmo.

A pergunta era se os seguidores eram a favor ou contra. A votação não foi expressiva, mas os resultados foram de 75% contra e 25% a favor.

Fiz esta pesquisa porque a questão me lembrou um outro dado, que está no livro que eu li e tenho recomendado para os meus amigos, Falando com Estranhos, de Malcolm Gladwell.

Na obra Gladwell faz referência a um estudo em que juízes foram pesquisados em relação à sua capacidade de, entrevistando acusados de crimes, definir sobre a possibilidade de lhes conceder a liberdade em comparação com um algorítimo que teria pouquíssimas informações sobre as mesmas pessoas.

A conclusão da pesquisa foi que os juízes, apesar da sua experiência, tinham errado muito mais concedendo e negando a liberdade condicional para os seus réus, do que se a máquinha tivesse tomado aquelas decisões.

O Adriano foi bem bacana e inclui seu amigo Cesar que trabalha com algorítimos. Veja a sua opinião:

Se é verdadeiro que algorítimos podem ter “bias” ou viéses, ainda mais verdadeiro que humanos os tem ainda mais. Muitos, inclusive, inconfessados. Então em uma despedida coletiva, em que a empresa precise dispensar uma quantidade grande de trabalhadores, é possível que um chefe aproveite para incluir no “bolo” um desafeto seu, ou alguém que possa ocupar o seu lugar.

Também é possível querer proteger alguém, em relação a quem deva algum favor escuso.

Alguém já disse que em eleições ou em testes de seleção em que os resultados são muito próximos, seria mais adequado que houvesse um critério de sorteio entre os candidatos com resultados próximos. Isso excluiria vantagnes insignificantes e daria maior peso à verdadeira aleatoriedade.

E você o que acha? Preferiria ser escolhido ou desligado por um programa de computador ou por uma pessoa de carne e osso?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.