Início Direito Anúncios Inconvenientes

Anúncios Inconvenientes

125
2

Que o AdSense é um excelente programa de publicidade e que permite que muitos blogueiros mantenham, se não a si próprios, ao menos as despesas decorrentes dos seus blogs, tais como hospedagem, registro de domínio e conexão à Internet, isso não se discute.

Todavia a publicação dos anúncios contextuais muitas vezes pode se apresentar como um inconveniente aos blogueiros e nos deixar numa saia justa.

Isso aconteceu comigo, por exemplo, no caso de alguns anúncios de uma Cooperativa de Trabalho, sendo que acerca disso fui alertado por um Procurador do Trabalho que, oportunamente, me alertou que o serviço oferecido sequer era lícito.

Eu mesmo já havia bloqueado uma empresa que comercializaria precatórios, por ter o entendimento pessoal de que este tipo de negócio não favorece aos credores públicos.

Felizmente a possibilidade de bloquear estes anúncios existe, todavia nem sempre conseguimos, mesmo com o uso das ferramentas disponibilizadas – o Google Ad Preview Tool – estar à frente do uso de nosso endereço, ainda mais quando a nossa atividade principal não é a de blogueiro.

Isso ocorreu novamente durante a cobertura que demos ao acidente da TAM, oriundo de Porto Alegre, no qual verificamos, durante uma das nossas atualizações, a apresentação oportunista de anúncio de uma empresa internacional de advocacia, oferecendo-se para representar as vítimas em ação contra a empresa aérea.

Infelizmente este tipo de situação ocorre, e, dentro do possível, buscamos bloquá-la. No entanto sempre devemos esperar que os nossos leitores demonstrem inteligência suficiente para diferenciar anúncios legítimos de situações meramente oportunistas, sempre ressaltando que o Código de Ética da OAB expressamente veda este tipo de publicidade, principalmente porque a relação do cliente com o profissional da advocacia deve ser pessoal, motivada por um interesse legítimo.

2 COMENTÁRIOS

  1. Acredito que sim, devemos estar atentos aos anúncios, mas o Adsense não pode se eximir de verificar a legalidade do que é anunciado. Até que ponto o sistema pode ser frágil, por exemplo, quanto a anúncios de medicamentos ou terapias não aprovadas pelos órgãos responsáveis? É um limite de venda que tem que ser imposto pelo próprio sistema, ou qualquer dia estaremos, sem saber, considerando que ninguém passa 24 horas verificando o próprio blog, servindo de veículo para o tráfico de drogas. A legalidade do anunciante deve ser verificada na fonte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.