Categorias
Direito

Confirmado: o DeT é o melhor!

Best Blogs Brazil: vencedores

Ontem foi publicado o resultado da eleição através do júri especializado do Best Blogs Brazil e o Direito e Trabalho foi eleito o melhor blog jurídico de 2008.

Na internet desde 2005, com domínio próprio desde 2006, nosso blog tem buscado apresentar, além do Direito do Trabalho em uma linguagem acessível para os internautas ávidos por conhecimentos, uma opinião própria e isenta sobre fatos atuais, sempre preocupado em utilizar uma linguagem um pouco mais acessível, o mais isenta possível do “juridiquês”.

Temos atualmente mais de 500 assinantes através de FEEDs, mais de 200 leitores via Twitter, isso sem falam de já termos sido referidos em alguns dos principais e mais populares blogs brasileiros, o que nos garante estar em 570º no Ranking de Blogs do BlogBlogs, o que em um diretório em que a maioria é diretamente relacionado à Web e à Tecnologia não é pouca coisa.

Além disso integramos desde o ano passado o diretório de blogs do portal jurídico JusNavigandi e do Yahoo! Posts.

A existência do blog e o seu reconhecimento pela blogosfera já gerou algumas participações como consultor em publicações como a Superinteressante, Jornal Zero Hora de Porto Alegre, bem como em revistas especializadas como a Revista da ANAMATRA e a Eclésia, publicação destinada à comunidade evangélica.

Hoje à noite estarei no Campus Party para receber minha premiação, juntamente com outros amigos blogueiros, muitos dos quais eu sou leitor assíduo como o Ale, do Poltrona, Cobra, do Homem na Cozinha, Navarro, do Dinheirama, isso sem falar em outros ótimos, que estou conhecendo agora e dos quais já estou virando fã.

A IPTV da Cultura está transmitindo ao vivo alguns eventos do Campus Party. Não sei se vai colocar no ar a premiação, mas tão logo descubra se haverá esta transmissão eu atualizo aqui.

Categorias
Direito

Como fazer uma sustentação oral de qualidade.

Fui convidado pelo CETRA-RS para dar uma aula sobre a sustentação oral nos tribunais. Não sou juiz de tribunal e, tampouco, atuei em segundo grau quer como advogado e, muito menos, como juiz.

Aliás a minha única sustentação oral foi na condição de interessado perante o Órgão Especial do TRT para justificar meu pedido de autorização para sair do país e cursar meu mestrado em Montevidéu, com sucesso.

Todavia, embora esta aparente inexperiência, sou um grande entusiasta da sustentação oral e, sempre que tenho oportunidade, aconselho meus amigos advogados que se utilizem deste meio para expor o direito de seus clientes que, muitas vezes, por causa da frieza da palavra escrita, grande volume de trabalho ou mesmo intervenção de auxiliares na elaboração dos votos acabam não recebendo a atenção necessária, o que pode ser despertada através de uma boa apresentação oral.

No entanto muitas vezes o advogado, interessado em apresentar seu caso perante o Tribunal, esbarra na sua timidez ou incapacidade para expor o seu caso oralmente.

Casualmente ontem eu estava no Centro e resolvi dar uma olhada nas obras à venda em uma livraria e esbarrei com dois livros que me pareceram bastante interessante, ambos do mesmo autor, Reinaldo Polito. O autor tem um currículo extenso em termos de cursos de oratória. Achei muito interessantes e comprei ambos. Um bem pequeno, menor do que de volso, e se chama Superdicas para falar bem em conversas e apresentações o outro, mais específico para o nosso caso, é Oratória para advogados e estudantes de Direito.