Escolha uma Página

Direito e Trabalho

de Jorge Alberto Araujo

Nossos temas principais

Negociação e Conciliação

Técnicas e estratégias de solução negociada de conflitos. Quando e porque negociar e não negociar. 

w

Interrogatório Judicial

Como se comportar em situações de tribunal e a obter as melhores informações através de pergungas.

Gestão de Crises

Como se planejar e enfrentar eventos inesperados e ainda obter ganho e crescimento do seu negócio.

Entre em contato conosco.

Inscreva-se para receber nossas atualizações. 
Há alguma matérai que gostaria de ler por aqui? Conte-nos mais. 

SERGIO GAMONAL C. UNIVERSIDAD ADOLFO IBÁÑEZ (CHILE)

Estamos frente a una obra de gran interés para los litigantes por los consejos prácticos que el autor nos entrega. La interrogación como arte y experiencia dialéctica, en esta propuesta de Araujo, constituirá un libro obligado para todos aquellos que deseen perfeccionar su forma de litigar. En síntesis, un libro diáctico, interesante y muy bien escrito.”

MANUEL ATIENZA, UNIVERSIDADE DE ALICANTE (ESPANHA)

A estratégia que seguiu Jorge Alberto Araujo, ao escrever o presente livro, segue precisamente o segundo dos percursos mencionados. Pois não fez outra coisa senão aproveitar sua experiência como Juiz do Trabalho e seus conhecimentos de Argumentação Jurídica para escrever uma obra clara e agradável de ler que pode resultar de utilidade para melhorar um aspecto muito concreto – porém de importância, por certo, relevante – na prática argumentativa dos advogados. Se trata, além disso, de uma questão, o interrogatório de testemunhas, cujo estudo e domínio serve não apenas, por assim dizer, para ganhar demandas, mas também para compreender melhor alguns aspectos gerais e teoricamente muito relevantes da Argumentação Jurídica.”

CLÁUDIO MICHELON, UNIVERSIDADE DE EDIMBURGO (ESCÓCIA)

Jorge Araujo utiliza recursos intelectuais buscados na melhor teoria da argumentação contemporânea para produzir um texto claro e de grande utilidade para quem busca se aprimorar na compreensão de como interrogatórios são, e de como devem ser, feitos. Ao fazê-lo, o autor produz um livro essencial tanto para quem se prepara para provas de concurso quanto para quem pratica o direito.”

Obrigado pela visita! Volte sempre!