Escolha uma Página
Cada dia admiro mais o Google. Agora a empresa se dispôs a comprar uma briga com o governo chinês, desafiando a restrição a pesquisas impostas a expressões como "democracia" ou "direitos humanos". Pode não parecer muito, mas o acesso livre ao principal serviço de buscas da internet (e seu eventual bloqueio pelo governo chinês) talvez seja o que falte para que a população já sedenta de informações dê um basta a esta falta de liberdade e comece a pleitear, pelo menos, a possibilidade de experimentar um mundo sem censuras, ainda que apenas pela janela da web

Postado via email from Jorge Araujo no Posterous