Técnicas de interrogatório. Leitura corporal.

Em artigo no site da PoliceOne.com John Bowden autor de “Interview to Confession, The Art of the Gentle Interrogation”, apresenta algumas boas noções de técnicas de interrogatório. Bowden sustenta que os tipos de linguagem corporal se dividem em duas categorias. “Verdade e Mentira” e, a seguir, em comportamento Positivo ou Negativo.

Verdade/Mentira versus Positivo/Negativo

As duas categorias de Verdade e Mentira, quando observadas geralmente indicam que a pessoa está sendo sincera ou falsa. Isso parece óbvio, porém uma nota: O comportamento mentiroso poderia trazer respostas a questões do investigador em questões sensíveis para a matéria sob investigação e gerar estresse. Se a pessoa não se importa, não funciona.

Comportamento positivo ou negativo indica que o sujeito gosta ou não da ideia que está sendo discutida. Por exemplo imagine que você está questionando um indivíduo sobre roubo de dinheiro. Você pergunta à pessoa se o desaparecimento do dinheiro poderia ser um erro de fechamento de caixa que não foi verificado na hora.

A pessoa se anima e demonstra o comportamento de quem gostou da ideia de que o dinheiro desapareceu por um erro de cálculo. Este comportamento é frequentemente considerado como um comportamento sincero. Contudo a pessoa está reagindo à ideia de que não existe um ladrão. Isso deveria ser interpretado como um comportamento falso.

Como se diz uma mentira:

Examinamos cinco categorias de comportamento geral para identificá-la:

•    Comportamento: O comportamento físico que é observado durante as respostas
•    Contato visual: Quebra o contato visual durante as respostas
•    Respostas: A resposta em si
•    Timing: O tempo da resposta
•    Voz: As características da voz: tom, velocidade, volume, etc.

Leia o artigo completo em PoliceOne.

URL curta para esse artigo: https://wp.me/pVtgW-1jc

Publicado por Jorge Alberto Araujo

Jorge Alberto Araujo é Juiz do Trabalho e master em Teoria da Argumentação Jurídica pela Universidade de Alicante, Espanha. Titular da 5a Vara do Trabalho de Porto Alegre/RS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: