Manifeste-se contra a exploração dos trabalhadores.

A Avaaz.org, a mesma organização internacional que comandou a mobilização popular pela Ficha Limpa no país está com uma nova bandeira: ela quer que a Western Union reduza as taxas que cobra para os trabalhadores emigrantes enviarem dinheiro para as suas famílias, em seus países.

Conforme o seu site Josh, um estudante queniano residente na Holanda, juntou todas as economias de um ano de trabalho e as enviou para casa, para ajudar a sua família de 10 parentes que passa necessidade. No entanto, de todo o valor enviado, a  Western Union, uma das empresas que monopoliza as remessas internacionais de dinheiro, reteve 20% do valor  destinado à família do Josh através de taxas abusivas.

Conforme a Avaaz o valor é muito superior ao recomendado pelo Banco Mundial, de 5%, e os valores destinados pelos emigrantes aos seus familiares nos países pobres supera em muito os valores que são destinados pelos países ricos para estas economias.

E não precisamos nem ir muito longe para ver isso. Em países de emigração, como o Uruguai, é impressionante o número de franquias da Western Union, certamente de olho nas remessas dos nacionais aos seus familiares.

Se você acha que é importante fazer algo a este respeito pode assinar a petição online que está sendo preparada pela Avaaz.org.

Dá, inclusive, para aproveitar e assinar também uma outra, destinada a interromper a pressão que está sendo colocada sobre o cidadão australiano responsável pelo site WikiLeakes e seus colaboradores, pelo exercício da liberdade de expressão e informação ao divulgar documentos estadunidenses.

Leia mais:

Uma Resposta para "Manifeste-se contra a exploração dos trabalhadores."

  1. Pingback: Tweets that mention Manifeste-se contra a exploração dos trabalhadores. |DireitoeTrabalho.com -- Topsy.com

Eu escrevi este texto exclusivamente para você. Por favor não deixe de comentar...