home Direito Manifeste-se contra a exploração dos trabalhadores.

Manifeste-se contra a exploração dos trabalhadores.

A Avaaz.org, a mesma organização internacional que comandou a mobilização popular pela Ficha Limpa no país está com uma nova bandeira: ela quer que a Western Union reduza as taxas que cobra para os trabalhadores emigrantes enviarem dinheiro para as suas famílias, em seus países.

Conforme o seu site Josh, um estudante queniano residente na Holanda, juntou todas as economias de um ano de trabalho e as enviou para casa, para ajudar a sua família de 10 parentes que passa necessidade. No entanto, de todo o valor enviado, a  Western Union, uma das empresas que monopoliza as remessas internacionais de dinheiro, reteve 20% do valor  destinado à família do Josh através de taxas abusivas.

Conforme a Avaaz o valor é muito superior ao recomendado pelo Banco Mundial, de 5%, e os valores destinados pelos emigrantes aos seus familiares nos países pobres supera em muito os valores que são destinados pelos países ricos para estas economias.

E não precisamos nem ir muito longe para ver isso. Em países de emigração, como o Uruguai, é impressionante o número de franquias da Western Union, certamente de olho nas remessas dos nacionais aos seus familiares.

Se você acha que é importante fazer algo a este respeito pode assinar a petição online que está sendo preparada pela Avaaz.org.

Dá, inclusive, para aproveitar e assinar também uma outra, destinada a interromper a pressão que está sendo colocada sobre o cidadão australiano responsável pelo site WikiLeakes e seus colaboradores, pelo exercício da liberdade de expressão e informação ao divulgar documentos estadunidenses.

Leia mais:

URL curta para esse artigo: http://direi.to/4FxeE
TAGS:

Jorge Alberto Araujo

Jorge Alberto Araujo nasceu em 1970, aprendeu a usar computador, internet e celular, mais ou menos quando estes foram inventados. É Juiz do Trabalho e trabalha em Porto Alegre/RS. Eterno curioso acerca de tudo está elaborando a sua dissertação de mestrado em Direito e Processo do Trabalho. É master pela Universidade de Alicante em Teoria da Argumentação Jurídica, gosta de Filosofia e atualmente estuda Lógica. No tempo livre entre uma audiência e uma sentença está começando a se interessar por Neurociência, tanto do comportamento (leitura corporal e detecção da mentira) quanto da memória. Em relação ao primeiro ponto defende um estudo mais acurado da Zoologia Humana, ou seja o estudo do comportamento do ser humano em comparação com o de outros animais. Faz ainda a aplicação das teorias da Escola de Harvard sobre Negociação, nas suas audiências, tendo um dos melhores números de conciliação dentre os juízes do trabalho do Rio Grande do Sul. Procura ensinar tudo o que sabe em um curso sobre Audiência que periodicamente edita junto à Faculdade IDC e em cursos de pós-graduação e preparatórios. É casado com a Ingrid, tem três gatos, um cão e seis cavalos, sendo quatro de polo, que tenta praticar aos finais de semana. Escreve, ainda, no blog Direito e Trabalho.com e ocasionalmente publica artigos em revistas e jornais.

Um comentário em “Manifeste-se contra a exploração dos trabalhadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *