Greve de Servidores na Justiça do Trabalho da 4ª Região

Assembleia Geral - 07-05-10 Marcelo Antunes

Em resposta a notícia veiculada na página web da OAB/RS a Corregedoria do TRT4 divulgou nota esclarecendo que apenas se comprometeu com os representantes da entidade a solicitar aos magistrados que tomassem medidas uniformes no que diz respeito aos procedimentos, como, por exemplo, interrompendo os prazos no lugar de apenas os suspender, situação que informa já estar equacionada em favor do entendimento mais favorável às partes..

Na nota, ainda, a Vice-Corregedora reafirmou o seu respeito pela independência dos magistrados afirmando que estes tem ampla liberdade de decisão na direção do processo, embora entendesse conveniente que a questão fosse examinada sob uma visão mais ampla.


URL curta para esse artigo: https://wp.me/pVtgW-Qo

Publicado por Jorge Alberto Araujo

Jorge Alberto Araujo é Juiz do Trabalho e master em Teoria da Argumentação Jurídica pela Universidade de Alicante, Espanha. Titular da 5a Vara do Trabalho de Porto Alegre/RS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: