Quero pedir demissão. O que eu perco?

pedir demissão

Qual o direito do empregado que pede demissão? Em primeiro lugar quem está descontente com o seu trabalho deve ponderar algumas coisas. Por exemplo, não é aconselhável se pedir demissão do emprego sem se ter um outro trabalho em vista. Isso pode repercutir negativamente em uma próxima entrevista de emprego, pois o entrevistador vai perceber no candidato uma tendência a abandonar a empresa futuramente e isso, para um empregador que necessite treinar o trabalhador pode ser complicado.

No entanto há algumas vantagens. Uma delas é que, estando disponível, você poderá iniciar em um novo emprego imediatamente, além de estar mais disponível para as futuras entrevistas.

De toda forma é sempre aconselhável que o candidato tenha uma poupança que lhe garanta pelo menos alguns meses sem trabalho, além de ser igualmente prudente, durante este período, manter as contribuições à Previdência Social e, se for o caso, manter os depósitos em previdência privada.

O que o trabalhador que pede demissão recebe?

  • Os salários dos últimos dias trabalhados;
  • as férias já vencidas e as proporcionais acrescidas de 1/3
  • Gratificação de Natal ou 13º salário proporcional (Súmula 157 do TST).

O que o trabalhador que pede demissão não recebe?

  • O salário correspondente à indenização do aviso prévio;
  • o acréscimo de 40% sobre os depósitos de FGTS;
  • seguro-desemprego.

Quais são as obrigações do trabalhador que pede demissão?

O trabalhador deve dar o aviso prévio e trabalhar pelos seus 30 (trinta) dias, sem direito à redução ou indenizar (pagar) ao empregador o equivalente, normalmente descontados dos seus créditos.

O que não se perde nem se recebe ao pedir demissão?

Os depósitos de FGTS do contrato ficam mantidos na conta. O trabalhador poderá movimentá-los após três anos ou então através dos motivos tradicionais como aquisição da casa própria, algumas doenças, etc.

Muito bem, eu quero mesmo pedir demissão. Pode me ajudar com um formulário?

Outros textos sobre pedido de demissão:

URL curta para esse artigo: http://direi.to/DqBSt

155 Respostas para "Quero pedir demissão. O que eu perco?"

  1. julliana  23 de junho de 2015 às 13:49

    Se eu pedir conta e trabalhar o aviso o que recebo.. Meu salário eh de mil reais..tenho 6meses de carreira assinada

    Responder
  2. sidney dos santos  13 de junho de 2015 às 11:17

    Ola me chamo sidney trabalho numa empresa ha 3 anos estou mudando de funçao essa semana ..voltei de ferias terça feira e tinha que passar com medica antes de começa a nova funçao mais o rh nao aviso nada portanto trabalhei 3 dias isso pode gerar uma recisao indireta?

    Responder
  3. Rosane  26 de maio de 2015 às 09:53

    olá, tive um problema a quase um ano com uma funcionaria ( DENTISTA ) ela trabalhava numa clinica odontológica duas vezes por semana. A mesma agrediu a secretária fizicamente, deu polícia no colocal e a secretária prestou uma denuncia a dentista.
    so que recebi uma entimação que a dentista havia me colocado na area trabalhista. quero quais direito ela tem com tudo isso que ela fez com a secretaria.

    Responder
  4. leticia  19 de maio de 2015 às 13:22

    ola meu nome é leticia trabalho como venddora numa loja a 7 meses e pedi acordo,oq eu recebo e oque eu perco?

    Responder
  5. ray  15 de maio de 2015 às 15:56

    Trabalho ah quase tres anos com carteira assinada. obs- um salario minimo. Quanto devo receber sendo demitido.

    Responder
    • Jorge Alberto Araujo  18 de maio de 2015 às 14:49

      Ray,

      Isso depende de muitas coisas, não é possível avaliar com estas informações.

      Responder
  6. yasmim motta  11 de novembro de 2014 às 11:51

    ola bom dia,sou tercerizada em uma empressa estou a um ano, fiz em outubro 2014 e ainda não recebi ferias,recebi a proposta de outra empressa para assina com eles,mas irei trabalhar na mesma empressa e no mesmo cargo,só mudarei de empressa, como devo procede nesse caso? e sobre a minhas ferias como irao ficar? tenho que manda carta com aviso previo?
    aguardo ….
    bjus

    Responder
    • Jorge Alberto Araujo  16 de novembro de 2014 às 12:16

      Yasmim,

      Infelizmente esta situação é bastante comum. A melhor forma de você obter uma informação adequada à sua situação é através do sindicato de sua categoria ou comparecendo na Delegacia do Trabalho de sua cidade.

      Responder

Deixe uma resposta

Seuemail não será exibido.