A nova campanha de trânsito de Porto Alegre

Um dos problemas de Porto Alegre é a ferocidade de seu trânsito. Verdade que nada comparado com São Paulo, onde passar no farol verde é quase uma questão de sobrevivência, mas ainda assim há muito de egoísmo nos motoristas porto-alegrenses, em especial no que diz respeito à observância da faixa de segurança.

Assim é louvável a campanha que está sendo veiuculada na cidade sobre a observância de “um novo sinal”, que nada mais seria do que estender o braço ao pretender passar por uma faixa de segurança, desprovida de sinaleira.

Tenho visto, desde o seu início, alguns excessos de pedestres, como um grupo no Parcão que resolveu “testar” o novo sinal tentando passar, felizmente com sucesso, na faixa, embora o sinal estivesse aberto para os carros.

Hoje, de minha parte, me surpreendi desobedecendo o “novo sinal”.

Na verdade não foi uma desobediência consciente: apenas confundi o “novo sinal”, feito ao mesmo tempo por três pessoas junto à faixa, com um chamado de táxi. Fiquei tão impressionado que fiquei verificando no retrovisor para qual veículo estavam fazendo o sinal, tendo em vista que não via táxis próximos, quando verifiquei que o carro de trás, um pouco mais antenado, entendeu o sinal e parou para que os três transeuntes pudessem passar com segurança pela faixa, seguindo seu caminho…

Maiores informações sobre a campanha podem ser obtidas na sua página oficial.

URL curta para esse artigo: https://wp.me/pVtgW-AN

Publicado por Jorge Alberto Araujo

Jorge Alberto Araujo é Juiz do Trabalho e master em Teoria da Argumentação Jurídica pela Universidade de Alicante, Espanha. Titular da 5a Vara do Trabalho de Porto Alegre/RS.

Participe da discussão

2 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. Gostei dessa campanha.

    Lembro sempre do Verissimo dizendo que a porta aberta do carro é uma trégua na selvageria do trânsito. Todo mundo tenta avisar se tua porta não está bem fechada. Diz ele que isso é uma gentileza curiosa pois, se a porta abrir mesmo e caires na rua, passam por cima. Mas avisaram antes.

    Porto Alegre está exatamente assim.

    Costumo achar essas campanhas da RBS completamente inócuas (“Isso tem que acabar”, “Crack nem pensar”, etc.). Mas essa parece mais consequente. Realmente, uma boa ideia.

%d blogueiros gostam disto: