TRABALHO ESCRAVO: A ABOLIÇÃO NECESSÁRIA de RODRIGO GARCIA SHWARZ
TRABALHO ESCRAVO de RODRIGO SCHWARZ

Alguns leitores mais assíduos do blog reclamaram, com razão, que ainda não houve a entrega do livro do Rodrigo Schwarz, embora prometido já há algum tempo.

Na verdade o que ocorreu foi, justamente, uma falta de bons critérios para proceder nesta entrega. Acredito que seja interessante, já que o Rodrigo resolveu ceder a obra com tanto carinho, que ela se destinasse a alguém que vá, de fato, usá-la bastante.

Então para não aumentar a expectativa vou fazer o seguinte: quem estiver interessado em receber o exemplar do livro deverá, nos comentários abaixo, esclarecer o porquê de seu interesse. Detalhe o interesse pode ser próprio ou de amigos ou colegas para serem presentados.

Por exemplo você pode dizer que está interessado no assunto porque vai escrever um artigo sobre isso, ou que quer ganhar o livro para que um amigo possa incluí-lo em seu trabalho de conclusão de curso.

Por favor postem seus comentários até o dia 30 de outubro. Após isso eu e o Rodrigo decidiremos a quem deverá se destinar a obra que será encaminhada ao ganhador, no território nacional, através dos Correios.

URL curta para esse artigo: https://wp.me/pVtgW-le

Publicado por Jorge Alberto Araujo

Jorge Alberto Araujo é Juiz do Trabalho e master em Teoria da Argumentação Jurídica pela Universidade de Alicante, Espanha. Titular da 5a Vara do Trabalho de Porto Alegre/RS.

30 respostas em “Ganhe o livro do Rodrigo Schwarz, Trabalho Escravo: A abolição necessária.”

  1. Sou estudante de Direito e gostaria desse ser contemplado com esse livro. Primeiro para que eu possa se inteirar sobre o trabalho escravo e, segundo, para eu eu possa produzir um artigo científico.
    Daí, gostaria de ser agraciado com o livro e poder aprofundar mais sobre o tema considerado com uma das mazelas sociais.

  2. Sou concursanda da área trabalhista(Magistratura do Trbalho) e pretendo fazer provas também para MTP.Por este motivo interesso-me em ganhar esta literatura e o tema é por demais interessante para me aprofundar neste assunto.
    Gostaria,portanto de ser uma das agraciadas em obter este trabalho.
    Desde já agradecida.
    Um abraço
    Divanilda dos S.Nunes

  3. BOM, GOSTARIA MUITO DE GANHAR ESTE LIVRO, POIS, ME SERÁ MUITO ÚTIL. ESTOU FAZENDO A MINHA MONOGRAFIA E O TEMA É SOBRE O TRABALHO ESCRAVO.
    PORTANTO, FICARIA MUITO FELIZ EM RECEBER ESTA OBRA, QUE PARECE SER MAGNIFICA E COM CERTEZA IRÁ ME AJUDAR MUITO.
    DESDE JÁ AGRADEÇO.
    ABRAÇOS!

  4. Ah! Que pena!

    Que pena que só conheci este blog agora, pois estou fazendo minha monografia de final de curso com o tema: “TRABALHO ESVRAVO OU ANÁLOGO AO ESCRAVO: ASPECTOS CONTEMPORÂNEOS NO BRASIL”! e com certeza esse livro mim seria muito útil.
    Mas como já passou o prazo para concorrer ao sorteio (lamentavelmente”), gostaria de saber onde o encontro para comprar. Pode ser?

    Grata!

    Alda!

  5. Prezada Marcela,

    Seu comentário foi contemplado com um exemplar do livro de Rodrigo Schwarz.
    No entanto para que você o receba necessitamos o seu endereço.
    Por favor informe-o até o dia 15/12/2008, caso contrário não poderemos enviá-lo mais.
    Grato.

  6. Prezada Gabriela,

    Seu comentário foi contemplado com um exemplar do livro de Rodrigo Schwarz.
    No entanto para que você o receba necessitamos o seu endereço.
    Por favor informe-o até o dia 15/12/2008, caso contrário não poderemos enviá-lo mais.
    Grato.

  7. Caros amigos,

    Já temos os vencedores da nossa promoção.
    Ainda esta semana publicaremos o nome de quem foi escolhido que deverá, em um prazo razoável, fornecer seus dados para o envio do livro.
    Obrigados a todos que participaram.
    Outros colegas e atuores acharam interessante a idéia e têm a intenção de enviar obras.
    Assim e em breve teremos outras promoções. Fiquem atentos!

  8. Meu nome é fabio, sou coordenador do grupo de Estudos da Cidade de Quirinópolis-GO, o qual visa atender academicos carentes da nossa cidade,
    varios academicos vem nos indagando sobre a possibilidade de adquirir o livro, este que sera de grade valia para os academicos que fazem parte do grupo de estudo, que mais uma vez eu afirmo que sao pessoas que nao tem condicoes de estar adquirindo obras pois sao pessoas carentes, e é esse o motivo, nao sei se é o melhor argumento, mais e o mais verdadeiro, e servira para dar dignidade a pessosas que nao teriam condiçeos de custear a obra.

    atenciosamente

    fabio leandro marques ferreira

  9. Sou advogada recém formada, pretendo me especializar em direito do Trabalho e este tema muito me interessa.

  10. Mais uma coisa:

    Sou do estado do Tocantins, estudante da Universidade Federal do Tocantins, e aqui a quantidade de fazendas com trabalha análogo ao de escravo é muito grande, inclusive envolvendo, até mesmo, fazendas de Senadores.

    Att.

  11. Caro Professor,

    Estou estudando para o concurso da Magistratura do trabalho no Piaui – Estado em que existe, infelizmente, um alto indice de ocorrência de trabalho escravo, mesmo com toda a legislação e toda a atuação dos órgãos governamentais (MPT, TRT, DRT).
    A situação aqui é tão grave que mesmo morando na capital, Teresina, fiquei estarrecida há cerca de dois anos atrás quando o meu irmão mais novo chegou em casa com a notícia (para ele hilariante) de que tinha sido abordado num ponto de ônibus próximo a faculdade por um senhor idoso que o questionou se tinha interesse de ir a SP trabalhar numa fazenda. Na oferta de “emprego”, ele destacou que ele podia adiantar a passagem de ônibus dele, bastava entregar seus documentos (CTPS, CI e CPF), e disse que ele poderia ganhar “muito dinheiro lá” pois era jovem e forte(ele mede 1,87m).
    Meu irmão, ainda jovem, contou o fato, achando muito engraçada a abordagem, que sequer respondeu de tanto rir. Mas, se, àquela epóca eu já tinha interesse em ingressar na Magistratura trabalhista, depois do relato dele meus anseios neste sentido aumentaram.
    Nos ultimos meses interrompi meus estudos para casar, afinal também temos vida pessoal como toda e qualquer mulher! Passado o 1º mês de lua de mel, retomei meus estudos com força total, conciliando com o estudo, agora, além do trabalho, as tarefas domésticas. Ao contrário do que pensei tem sido até bem mais fácil do que antes. Ao que me parece, embora o tempo seja bem mais curto, ele rende muito mais. Os gastos é que têm ficado apertados, não dá pra estudar por livros de direito desatualizados e infelizmente as nossas leis mudam muito, muito rápido. Assim adoraria ganhar o livro do Rodrigo Schwarz. Seria um gasto a menos e uma boa ajuda na preparação para a magistratura trabalhista no PI.

  12. Bom…

    Sou Estudante de Direito e, no momento, faço a disciplina de História do Pensamento Jurídico. Teremos um seminário abordando os Direitos Humanos e decidimos, meu grupo e eu, apresentar uma visão histórica e jurídica sobre o TRABALHO ESCRAVO. O livro seria de grande valia para nós.

  13. Oi. Gostaria de ganhar o livro pq acho que o assunto é interessante e temos que lutar para erradicar a escravidão no Brasil.

  14. Sou estudante de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais e estou escrevendo minha Monografia de conclusão de curso sobre os instrumentos jurídicos-institucionais para a erradicação ao trabalho escravo no Brasil contemporâneo. Dessa forma, sem sombra de dúvidas o livro Trabalho escravo: A abolição necesária, de Rodrigo Schwarz é de leitura obrigatória e será de importancia ímpar para minha pesquisa acerca das políticas de combate ao trabalho em condição análoga à de escravo; dolorosa chaga do nosso organismo social, que insiste em persistir. Herança do nosso passado colonial escravista e afronta intolerável aos preceitos angulares da Declaração Universal dos Direitos Humanos, que completa 60 anos em 2008.

  15. Olá,

    É sempre muito interessante tomar conhecimento acerca de qualquer obra sobre esta chaga que é o trabalho escravo em nosso País; ainda mais quando se trata de obra escrita por quem tem profundo conhecimento na matéria – um juiz do trabalho.

    Fiz especialização em Direito de Trabalho, e escrevi sobre o trabalho escravo; gostaria de ganhar o exemplar do livro do prof. Jorge Alberto, pois pretendo aprofundar os estudos visando ao mestrado com foco nessa temática.

  16. Eu iria pedir um livro dizendo que apesar de ainda estar no terceiro período da faculdade de Direito eu já defini que a minha monografia versará sobre direitos fundamentais, entretanto creio que dadas as circunstâncias um dos participantes destes comentários faria no momento um uso melhor da obra. Assim sendo, abro mão da disputa e indico o participante Marcelo (http://direitoetrabalho.com/2008/10/ganhe-o-livro-do-rodrigo-schwarz-trabalho-escravo-a-abolicao-necessaria/#comment-2420) como merecedor para receber o livro.

  17. Gostaria de ganhar o livro porque estou me preparando para o exame de ordem e não tenho condições financeiras para pagar um cursinho, e por isso estou estudando em casa. Procuro obter o maior número de informações possíveis de maneira que eu não precise gastar. Então quando vi essa possibilidade, vim e estou tentando ganhar.

  18. Gostaria de ganhar o livro pois moro em uma região onde o trabalho escravo configura-se como uma das principais mazelas sociais. Moro em Imperatriz – MA, fronteira com a região do Bico do Papagaio (que abarca áreas de Tocantins, Maranhão e Pará). Farei seleção de mestrado em Direitos Humanos na UFPA início do próximo ano, e o tema que desejo abordar abrange o Trabalho Escravo na região. Desde já parabenizo o autor do livro por dedicar-se a tema de tamanha importância para a sociedade. Abraços.

  19. Esse livro trata de um tema muito importante, pois tem ligação com os aspectos do capitalismo em certas regiões no Brasil e no mundo, vide in China! Logo, eu que, depois de 10 (dez) anos voltei a estudar o Direito do Trabalho – faço especialização no curso metta-RJ, com a profª Vólia Bonfim; me interesso por certos assuntos daqui e do mundo, através de reportágens…, penso, talvez/provavelmente, em me estender a um assunto embrionário da nossa civilização – Brasil/Colônia, fazendo comparações sobre o tema: Abolições necessária, ainda nos dias atuais. Tudo em nome da mola mestra do mundo ($). Daí, esse livro pode me ser útil!!!

  20. Pretendo fazer meu Trabalho de Conclusão de Curso sobre a “falencia” do trabalho, pois acredito que ele se revela autotélico, tendo em vista somente o capital-dinheiro.
    Creio que obra de Rodrigo Schuarz poderá servir-me de auxilio para meu intento.

    Obrigada

    Eliana

  21. Enquanto “escrava” dos estudos preparatórios para concurso, especialmente da magistratura do trabalho e do MPT, tenho grande interesse na matéria.
    Isso, somado ao fato deste livro ter sido escrito pelo Rodrigo, que foi meu professor em um curso na FERMARGS e escreveu um outro livro (“Direito do Trabalho”) que me ajudou bastante, sendo em ambos os casos extremamente didático e fácil de compreender, faz com que eu torça (muito) pra ser sorteada e ganhar a obra objeto do sorteio!
    Um abraço!

  22. Estou fazendo concursos para a magistratura e procuradoria do T.
    Este livro com toda certeza contribuirá para as provas!!!

    Quero muito!

    Cordialmente,
    Henrique.

  23. Estou muito interessado pois tenho por desejo escrever minha monografia de especialização no primeiro semestre de 2009 sobre o trabalho escravo e a aplicação do Enunciado 12 da 1 jornada de direito material e processual na justiça do trabalho que versa sobre a reversão das condenações em prol da comunidade lesada.

    Atenciosamente

    Marcelo

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: