Jornada da Justiça do Trabalho

Os colegas que compareceram à 1ª Jornada de Direito Material e Processual na Justiça do Trabalho voltaram exultantes com os seus resultados.

No sábado, dia 24 de novembro, durante evento promovido pela Associação dos Magistrados Uruguaios, na cidade fronteiriça de Rivera, tive a oportunidade de conversar com os colegas Antônia Mara Vieira Loguércio, Ary Faria Marimon Filho e Marcos Fagundes Salomão que, igualmente, se fizeram presentes na Jornada (que, curiosamente, durou três dias).

O espírito de todos em relação aos resultados imediatos do encontro era de muito entusiasmo, em especial da Juíza de São Jerônimo, Antônia Mara, que teve, inclusive, propostas de enunciados aprovadas, relativamente à vigência do art. 60 da CLT ainda após a Constituição de 1988, ainda que em confronto com o conteúdo de outros procedentes do próprio Tribunal Superior do Trabalho.

Veja na página do TST mais notícias sobre o evento:

URL curta para esse artigo: https://wp.me/pVtgW-8H

Publicado por Jorge Alberto Araujo

Jorge Alberto Araujo é Juiz do Trabalho e master em Teoria da Argumentação Jurídica pela Universidade de Alicante, Espanha. Titular da 5a Vara do Trabalho de Porto Alegre/RS.

Participe da discussão

1 comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: